domingo, 28 de junho de 2015

Não é Desfecho, Apenas Um trecho : eu estive aqui

Sinopse:"Quando sua melhor amiga, Meg, toma um frasco de veneno sozinha num quarto de motel, Cody fica chocada e arrasada. Ela e Meg compartilhavam tudo... Como podia não ter previsto aquilo, como não percebera nenhum sinal?
A pedido dos pais de Meg, Cody viaja a Tacoma, onde a amiga fazia faculdade, para reunir seus pertences. Lá, acaba descobrindo muitas coisas que Meg não havia lhe contado. Conhece seus colegas de quarto, o tipo de pessoa com quem Cody nunca teria esbarrado em sua cidadezinha no fim do mundo. E conhece Ben McCallister, o guitarrista zombeteiro que se envolveu com Meg e tem os próprios segredos.
Porém, sua maior descoberta ocorre quando recebe dos pais de Meg o notebook da melhor amiga. Vasculhando o computador, Cody dá de cara com um arquivo criptografado, impossível de abrir. Até que um colega nerd consegue desbloqueá-lo... e de repente tudo o que ela pensou que sabia sobre a morte de Meg é posto em dúvida.
Eu estive aqui é Gayle Forman em sua melhor forma, uma história tensa, comovente e redentora que mostra que é possível seguir em frente mesmo diante de uma perda indescritível."

Trechos:

"Mas, quando meu ônibus chega ao meio do deserto, a impressão que tenho é de desespero, como se a cidade estivesse se esforçando demais e fracassando. " - Página 18

"[...] ela era Buffy e Willow, força e magia, tudo em um pacote só. Eu apenas pegava carona no brilho dela. - Página 52

"Realmente estou sem livros para ler, mas, assim que entro no ambiente refrigerado da biblioteca, percebo que não é para isso que estou aqui. - Página 86

"Deve ser assim que os arqueólogos se sentem quando desencavam civilizações escondidas. Ou como aquele cara se sentiu ao encontrar os destroços naufragados do Titanic.Quando você sabe que algo está perdido, mas o encontra assim mesmo." - Página 90

"Fui eu.Eu deixei Meg na mão em vida.Mas não a deixarei na mão na morte." -Página 146

quinta-feira, 25 de junho de 2015

Livro: Rush Sem Limites

Sinopse: "Rush merece sua reputação de bad boy. Com seus carros de luxo e sua mansão de três andares à beira-mar, o filho de um famoso astro do rock tem uma fila de garotas a seus pés. No entanto ele precisa apenas de duas pessoas para ser feliz: seu irmão postiço e melhor amigo Grant e sua meia-irmã Nan. Até que Blaire Wynn chega à cidade em sua velha caminhonete. A beleza angelical da garota do Alabama logo chama a atenção de Rush. Mas, por causa de um segredo de família, ele decide manter distância de Blaire. Mesmo que ela precise de sua ajuda. E mesmo que ela lhe desperte sentimentos desconhecidos. Órfã de mãe e abandonada pelo pai, Blaire está sozinha no mundo – porém Rush entende que se aproximar dela pode destruir a vida da irmã, a quem protegeu desde que eram crianças. A relação secreta entre as duas e o ódio que Nan nutre por Blaire são mais do que bons motivos para Rush manter-se afastado. Só que ele não consegue. O desejo fala mais alto. Depois do sucesso da trilogia Sem Limites, Abbi Glines leva os leitores de volta ao início dessa história de amor. Em Rush sem limites, você entrará na mente do bad boy que já conquistou milhões de fãs mundo afora."

Comentando...


 Abbi Glines nesse livro volta a história de seu sucesso "Paixão Sem Limites" mas dessa vez com a narração do ponto de vista do bad boy Rush.


  A autora em seus agradecimentos conseguiu explicar de uma forma humilde  como foi escrever esse livro: " Fiz um grande esforço para dar aos leitores novas cenas e momentos que eles haviam perdido em Paixão Sem Limites. " E sim, a autora conseguiu atingir o seu objetivo, porque a parte mais interessante de livros que seguem esse estilo é justamente saber o que estava acontecendo e se passando na cabeça do outro personagem quando ele ficava "de fora" da narração. Ainda nos agradecimentos, outra parte que chama atenção é ela citar como amigos as consagradas autoras, também do gênero New Adult: Collen Hoover, Jamie McGuire e Tammara Webber.


 A linguagem que Abbi usa em seu livros é bem simples e crua, é uma leitura totalmente voltada para o público adulto. E confesso que me surpreendi com o tom reflexivo e sentimental que Rush passa logo na primeira página, no Prólogo. Entretanto, depois de pensar um pouco mais ficou totalmente lógico tal estilo adotado pela autora, pois nesta parte Rush está mudado e ele tem o seu digamos "lado artístico"... Já ouvi falar que pessoas com tais dons artísticos costumam a ter seus sentimentos mais amplificados...


" [...] Eu sei. Porque vivi isso. Aos 10 anos, conheci o ódio e também o amor. Ambos exaustivos.Ambos capazes de mudar a vida. E ambos completamente ofuscantes." - Página 7

" Dizem que você colhe o que planta.Besteira. Porque eu deveria estar queimando no inferno pelos meus pecados." - Página 7


 Ao ler o primeiro livro, lembro que as atitudes de Rush deixavam o leitor completamente instigado e confuso. Somente ao final que era revelado o segredo que envolvia a meia irmã dele, a Nan. E ao ler agora, "Rush Sem Limites", pode-se perceber todas as dúvidas do personagem:

"[..] Em breve, eu seria seu inimigo e ela me odiaria tanto quanto eu a tinha odiado por tantos anos. A única diferença seria que ela teria um motivo para me odiar. E eu ia merecer. " - Página 31

 Algo que não indico para essa leitura é ler "Paixão Sem Limites" e logo em seguida " Rush Sem Limites" porque trata-se da mesma história com pontos de vistas diferentes, logo ler um seguido do outro, ao meu ver pode ficar algo cansativo. Então achei ótimo a editora ter lançado esse volume somente agora, para poder dar esse tempo ao leitor.


Destaco também a capa que a editora acertou em cheio e com certeza chama atenção.


 Quem já leu os outros livros de Abbi Glines e conhece seu estilo certamente gostará desse novo volume. 

domingo, 21 de junho de 2015

Livro: Gato mania

A editora Sextante, parceira aqui do blog, lançou mais um livro ultra fofo de colorir! E com uma temática que sou simplesmente apaixonada: Gatos! O Livro contêm ilustrações lindas e criativas feitas pelas ilustradoras Aurélie Castex e Claire Laude que se conheceram na École des Arts Décoratifs de Paris e assinam sua obras como Mesdemoiselles.

A seguir a fotinho do meu gato Chokito que amou o seu "Momento Modelo" ao lado do livro.

 Ao final do livro temos um guia contendo o nome de todas as ilustrações:

Claro que já iniciei "minha arte", e como essa é a única página que não tem  um nome oficial dado pela autoras, eu o intitulei de "Nuvem, o gato", por causa da manchinha branca que acabei fazendo na testa  que lembrou o formato de uma nuvem. 


quinta-feira, 18 de junho de 2015

Livro: A Rainha Vermelha

Sinopse: "O mundo de Mare Barrow é dividido pelo sangue: vermelho ou prateado. Mare e sua família são vermelhos: plebeus, humildes, destinados a servir uma elite prateada cujos poderes sobrenaturais os tornam quase deuses.
Mare rouba o que pode para ajudar sua família a sobreviver e não tem esperanças de escapar do vilarejo miserável onde mora. Entretanto, numa reviravolta do destino, ela consegue um emprego no palácio real, onde, em frente ao rei e a toda a nobreza, descobre que tem um poder misterioso… Mas como isso seria possível, se seu sangue é vermelho?
Em meio às intrigas dos nobres prateados, as ações da garota vão desencadear uma dança violenta e fatal, que colocará príncipe contra príncipe - e Mare contra seu próprio coração."

Comentando...

Mare Barrow rouba para ajudar a família que não tem muitas condições e que devem sempre servir a elite de prateados.

"Minhas mãos entram e saem num só gesto, sempre toques rápidos." Pág. 5

Ela faz parte de uma família de vermelhos, vermelhos não possuem poderes e são constantemente considerados inferiores aos prateados. Prateados têm poderes, dinheiro e status.

"Esta é a verdadeira distinção entre prateados e vermelhos: a cor do sangue. Esta única diferença os torna mais fortes, mais inteligentes e melhores que nós." Pág. 14

Só que a vida de Mare começa a mudar quando ela recebe um emprego no palácio. Lá ela vê que os poderes dos prateados são maiores do que ela imaginava.

"Você serve ao rei agora." Pág. 62

Ao ver-se em uma estranha situação Mare descobre que possui poderes, algo impossível para uma vermelha.

"Você não é prateada. Seus pais são vermelhos, você é vermelha, seu sangue é vermelho." Pág. 86


O livro A Rainha Vermelha te prende com a trama entre vermelhos e prateados. Um livro de tirar o fôlego e que você não consegue largar até chegar na última página.

Vemos uma sociedade em que há conflitos entre os vermelhos e prateados, e que os vermelhos estão começando a se erguer contra os prateados.

Mare é uma personagem que faz o que pode para ajudar a família, ela sente vergonha pelo modo que encontrou para ajudá-los, mas também se sente capaz de fazer algo que poderá levá-la a prisão se for pega.Ela descobre que possui poderes, algo que todos achavam impossível em um vermelho. Vai fazer de tudo para mudar a situação dos vermelhos, mesmo que tenha que manipular as pessoas que ama. Mare não vai pensar muito nas consequências de seus atos e vai utilizar tudo o que puder para chegar em seus objetivos.

Quando Mare vai para o palácio temos uma visão maior da nobreza, descobrimos que alguns prateados não são tão ruins e que outros são muito piores. Ela vai descobrir que está em uma intriga muito maior do que pensava e que não se deve acreditar em qualquer pessoa. 

O livro possui outras personagens bem elaboradas, cada uma com uma história intrigante.

A Rainha Vermelha é  indicado para quem gosta de uma história com um toque de fantasia, uma distopia bem elaborada e com uma leitura bem envolvente. O final do livro é emocionante e você fica desejando o próximo volume logo.

quarta-feira, 17 de junho de 2015

Lançamentos: Editora Novo Conceito


Sinopse:"Noah e Jude competem pela afeição dos pais, pela atenção do garoto que acabou de se mudar para o bairro e por uma vaga na melhor escola de arte da Califórnia.

Mal-entendidos, ciúmes e uma perda trágica os separaram definitivamente. Trilhando caminhos distintos e vivendo no mesmo espaço, ambos lutam contra dilemas que não têm coragem de revelar a ninguém.

Contado em perspectivas e tempos diferentes, EU TE DAREI O SOL é o livro mais desconcertante de Jandy Nelson. As pessoas mais próximas de nós são as que mais têm o poder de nos machucar."

Sinopse: "Para Adam, negociante de objetos usados, a casa de Gabe Alexander é apenas uma propriedade que será esvaziada e vendida pelo maior lance. Entretanto, em meio às prateleiras repletas de relíquias, um álbum antigo atrai sua atenção. Nele há cartões-postais amarelados pelo tempo, escritos ao longo de 60 anos. Intrigado, Adam começa a lê-los: eles estão cheios de frases românticas e delicadas, as provas do amor incondicional entre Gabe e Pearl Alexander.

Gabe cuidava para que um cartão chegasse às mãos de Pearl todas as sextas-feiras. Cada um deles possui não apenas um poema, mas verdades preciosas sobre o cotidiano de um casal que viveu um sonho. A soma de todas essas verdades talvez responda perguntas que Adam se faz há muito tempo.
"

segunda-feira, 15 de junho de 2015

Livro: Para Sir Phillip, Com Amor

Sinopse: "Eloise Bridgerton é uma jovem simpática e extrovertida, cuja forma preferida de comunicação sempre foram as cartas, nas quais sua personalidade se torna ainda mais cativante.
Quando uma prima distante morre, ela decide escrever para o viúvo e oferecer as condolências. Ao ser surpreendido por um gesto tão amável vindo de uma desconhecida, Sir Phillip resolve retribuir a atenção e responder.
Assim, os dois começam uma instigante troca de correspondências. Ele logo descobre que Eloise, além de uma solteirona que nunca encontrou o par perfeito, é uma confidente de rara inteligência. E ela fica sabendo que Sir Phillip é um cavalheiro honrado que quer encontrar uma esposa para ajudá-lo na criação de seus dois filhos órfãos.
Após alguns meses, uma das cartas traz uma proposta peculiar: o que Eloise acharia de passar uma temporada com Sir Phillip para os dois se conhecerem melhor e, caso se deem bem, pensarem em se casar? Ela aceita o convite, mas em pouco tempo eles se dão conta de que, ao vivo, não são bem como imaginaram. Ela é voluntariosa e não para de falar, e ele é temperamental e rude, com um comportamento bem diferente dos homens da alta sociedade londrina.
Apesar disso, nos raros momentos em que Eloise fecha a boca, Phillip só pensa em beijá-la. E cada vez que ele sorri, o resto do mundo desaparece e ela só quer se jogar em seus braços. Agora os dois precisam descobrir se, mesmo com todas as suas imperfeições, foram feitos um para o outro.
"


Comentando...

Como esse livro é apaixonante! Julia Quinn consegue envolver o leitor totalmente com seus personagens cativantes. Destaco nesse livro os papéis dos filhos de Sir Phillip, crianças levadas e que rendem boas risadas ao longo da leitura.

 Eloise e Sir Phillip foram um casal  cercado de fases: 

1). Cartas trocadas e admiração distante;
2). Quando se conhecem pessoalmente e a "implicância";
3). A química irresistível;
4). A fase de negação e medo de admitir o amor;
5). Finalmente a fase que admitem serem completamente apaixonados um pelo outro.

"Ela balançou a cabeça, sabendo que parecia tola e mimada.Não, ela não precisava de alguém perfeito. Só precisava de alguém perfeito para ela. " - Página 23

 Essa frase em especial me encantou, porque é exatamente o que acho que as pessoas românticas pensam.

 E quem acha que "Para Sir. Phillip, Com Amor" é uma leitura repleta de cartas, engana-se. Pois tais cartas estão apenas no início da leitura, da parte que eu chamei de fase 1).Cartas trocadas e admiração distante. O livro foca mesmo na parte em que Eloise e Phillip finalmente se conhecem pessoalmente.

 Um fato que certamente deixará os leitores felizes é que apesar de o livro ser focado em Eloise, esse volume conta com a participação da parte masculina da família Bridgertons.

 Um livro que quando você lê a última página deixa aquela sensação de : "Mas já acabou? ". Não porque falta explicação, mas é porque é um livro tão doce que faz você querer mais e mais.

quinta-feira, 11 de junho de 2015

Entrevista: Brittainy C. Cherry

A entrevista de hoje é com uma autora que é pura simpatia! E já está aqui no Brasil. Mais especificamente no Rio de Janeiro, onde estará em um evento da editora Record que trouxe seu livro para o Brasil, cuja tradução ficou como "Sr. Daniels". Vão reparar que entre as perguntas; eu pergunto sobre o romance escrito pela autora em comparação com uma das personagens de  "Pretty Little Liars" porque quem ainda não sabe, (NÃO é spoiler pois isso está na sinopse do livro), a protagonista ficará apaixonada pelo seu professor de Inglês! E claro ela descobre isso depois de ficarem juntos.  

Curiosidade: Essa breve entrevista foi feita pelo inbox do tão conhecido Facebook. Como é ótima a tecnologia não? 

Segue aqui as perguntas com suas respectivas respostas:

1). First what do you think about Brazil? It is his first visit to the country?

 I love Brazil! It is my first time visiting and it is so beautiful!

2) .What the inspiration to write Loving Mr. Daniels? Already they compare his book with a touch of character Aria Perry little liars series?

 I love Shakespeare and wanted to tell a modern day forbidden romance like Romeo and Juliet! I've never watched Pretty Little Liars, but have heard the comparison 


3). Which authors do you consider yourself a fan? 

Mia Sheridan, A. Meredith Walters! 

4). Readers often imagine actors or models for some characters, you imagine someone who well represent Mr. Daniels? 

I think Liam Hemsworth would be a perfect Mr. Daniels!

5). Finally, please leave a message for the readers of the blog? 

Thank you to all of the readers for your support! You mean so much to me! I'm so thankful for you all! I love you! Xoxo!

Detalhe depois de eu agradecer com :


"Thank you! You are very dear to the readers will make posting now!"

A autora ainda responde: "Thank you for everything"

Missão impossível ñão se encantar com a simpatia da autora!

Entrevista Traduzida:

1). Primeiramente o que está achando sobre o Brasil? É sua primeira visita ao país? 

Eu amo o Brasil! É minha primeira vez visitando e é tão bonito!

2) .Qual foi sua inspiração para escrever Loving Sr. Daniels? Já compararam seu livro com um toque da personagem  Aria do seriado Perry Little Liars?

 Eu amo Shakespeare e queria fazer um dia , um  romance moderno proibido como Romeu e Julieta! Eu nunca assisti Pretty Little Liars, mas ouvi a comparação

3). Que autores você se considera um fã? 

Mia Sheridan, Meredith A. Walters!

4).Leitores muitas vezes imaginam atores ou modelos para alguns personagens, você imagina alguém que representa bem o Sr. Daniels? 

Acho que Liam Hemsworth seria um perfeito Sr. Daniels!


5). Finalmente, por favor deixe uma mensagem para os leitores do blog? 

Obrigado a todos os leitores com seu apoio! Vocês significam muito para mim! Eu sou muito grata à todos vocês! Amo vocês! Beijos!

quarta-feira, 10 de junho de 2015

Livro: Música da Alma

Sinopse: "Em Música da Alma, uma reviravolta no destino faz com que Abby Renard acabe na cama do mulherengo Jake Slater. Essa pequena faísca, que acende um fogo incontrolável no improvável casal, culmina num amor profundo e intenso. Depois de um longo noivado e um ano de expectativa, eles finalmente decidem ir para o México e se casar em uma praia particular, seguida de uma lua de mel aquecida pelas belezas de um cenário paradisíaco. Mas, nem tudo são flores. Após o retorno à vida real de longos passeios e composições musicais a dois, Abby começa a perceber que talvez não seja realmente o porto seguro de que Jake precisa. Conseguirão eles equalizar essa nova parte da canção e fazer durar o relacionamento? Ou será que as pressões do casamento farão desmoronar definitivamente esse amor?"

Comentando...

Essa é uma edição especial que é o volume 2.5 e um agradecimento especial a editora PandorgA parceira aqui do blog que enviou esse livro para resenha.

E novamente Abby e Jake são o casal principal dessa história. Katie Ashley continua com suas descrições altamente HOTs, mas também trata-se de dois personagens adultos e que se casam.

 Só para variar, a vida do casal não é nada "simples" porque problemas vão aparecer no relacionamento do dois. Não vou contar o motivo do problema já que ele não está na sinopse, caso contasse se tornaria um spoiler, então deixo para você leitor ler e descobrir.

  Bom,  o que posso adiantar é que além do problema enfrentado pelo casal, a autora envolve no seu livro os personagens A.J , Mia e claro todos os outros integrantes da banda Runaway Train e consegue colocar um gancho para o seu próximo livro que deixa o leitor MUITO curioso! Para mim o próximo livro promete, porque desde o volume 2 Katie  dá certas pistas do que o leitor pode esperar do novo casal de protagonistas.

 O que é interessante é que autora poderia simplesmente passar para o outro casal contudo  escreveu mais  explicando o que aconteceu com Jake e Abby mostrando que as dificuldades do casal não ficaram apenas no primeiro livro.

A leitura é bem rápida e segue o mesmo estilo dos livros anteriores. Outro fato que não posso deixar de comentar é a capa que eu adorei! Para mim representa muito bem Abby e Jake , poupa o leitor de procurar "atores, modelos..." para imaginar.

terça-feira, 9 de junho de 2015

Livro: República de Ladrões

Sinopse: "Envenenado e à beira da morte, Locke Lamora segue para o norte com seu parceiro, Jean Tannen, em busca de refúgio e de um alquimista para curá-lo. Porém, a verdade é que ninguém pode salvá-lo. Com a sorte, o dinheiro e a esperança esgotados, os Nobres Vigaristas recebem uma oferta de seus arquirrivais, os Magos-Servidores.
As eleições do conselho dos magos se aproximam e as facções precisam de alguém para fazer o trabalho sujo, manipulando votos. Se Locke aceitar, o veneno será purgado de seu corpo com o uso de magia – mas o processo será tão excruciante que ele vai desejar morrer.
Locke acaba cedendo ao saber que o partido da oposição contará com uma mulher do seu passado: Sabeta Belacoros, a única pessoa capaz de se igualar a ele nas habilidades criminosas e mandar em seu coração. Novamente em uma disputa para ver quem é o mais inteligente, Locke precisa se decidir entre enfrentar Sabeta ou cortejá-la, e a vida dos dois pode depender dessa decisão.
República de ladrões leva o leitor ao início da vida de Locke enquanto flerta com o seu fim, revelando todos os matizes de Sabeta e de seu relacionamento com o líder dos Nobres Vigaristas. Misturando momentos tensos e cômicos do passado e do presente, esta obra é, até agora, a melhor de Scott Lynch."



Comentando...

República de Ladrões é o terceiro livro da Série Nobres Vigaristas, escrita por Scott Lynch. Para conferir a resenha dos volumes anteriores, acesse os links:

Volume 1 - “As Mentiras de Locke Lamora”:

Volume 2 - “Mares de Sangue”:



Ah, como é bom estar de volta ao mundo dos Nobres Vigaristas! A cada livro, a leitura se torna mais fácil. Mesmo viajando pelo mapa criado por Scott, conhecendo novos lugares e estruturas sociais, tudo é cada vez mais familiar e a “visualização das cenas” em sua mente é muito mais fluida e natural agora.
               
                Como fã de fantasia, eu simplesmente me apaixonei por esta saga. Sinto como se estivesse assistindo a uma série de TV muito envolvente e cada livro fosse uma temporada a qual eu aguardo ansiosamente pelo retorno (principalmente porque os finais dos livros sempre criam essa expectativa gostosa). Sem falar que dariam ótimos filmes, pois o roteiro é muito inteligente e imprevisível.

                Como de praxe, Lynch mantém a dinâmica de leitura, na qual são narrados, de forma intercalada, os acontecimentos em dois momentos diferentes no tempo:
                No primeiro livro, o momento presente era alternado com o passado e infância de Locke e seus amigos. No segundo livro, o presente é jogado dois anos à frente e alternado com este passado recente de dois anos atrás.

                No terceiro livro, o autor volta a intercalar o presente com a infância de Locke, o que é maravilhoso, pois nos permite matar saudades de alguns personagens que infelizmente ficaram no caminho e não existem mais no presente. Mas desta vez há algo mais, que não fora contado antes.

                Apesar de, mais uma vez, Lynch elaborar de forma genial toda a trama, golpe e confusão em que Locke e Jean se encontram, para mim, este livro tem um diferencial muito esperado pelo leitor (principalmente os que anseiam por um pouquinho de romance): Sabeta.
A primeira e única mulher que Locke amou.
E não, nada de mocinha tradicional indefesa. Sabeta é sinistra mesmo. Independente, segura, forte, destemida e linda. hehe


Nome sempre lembrado, mas sobre o qual Locke sempre evitou conversar, finalmente temos a oportunidade de conhecer a misteriosa ruiva que Locke amou, reverenciou e se recorda com muita dor.

                Se antes Sabeta era apenas o fantasma de um amor perdido que assombrava os pensamentos de Locke, neste livro o autor nos conta como eles se conheceram ainda na infância, os efeitos que a primeira paixão causou no menino Locke, todas as vezes que ele a perdeu e a encontrou novamente e um pouco mais do passado, do presente... E do futuro, talvez. Quem sabe?




domingo, 7 de junho de 2015

Assisto ou Desisto: Filme "The DUFF"

Sinopse:" A jovem Bianca (Mae Whitman) descobre um dia que foi escolhidas pelas amigas de colégio como uma DUFF (Designated Ugly Fat Friend), ou seja uma amiga feia para que elas se pareçam ainda mais bonitas em comparação. Revoltada, Bianca pede a um atleta popular da escola para ajudá-la a melhorar o seu visual."

Comentando...

 Hoje no quadro "Assisto ou Desisto" será do filme "The DUFF"  e como conheci o filme? Através de um blog! Então deixo aqui registrado o meu agradecimento e créditos porque se não fosse o blog Radioactive (http://blogradioactive.blogspot.com.br/) eu ainda não conheceria esse filme.

                  
Bom, traduzindo para o português "The DUFF" significa "Amiga (o) feia (o) da vez". Segundo o filme todo grupo de amigos tem um DUFF que serve basicamente para os outros do grupo sentirem-se superiores e o DUFF ser  "a ponte" entre o grupo do qual faz parte e os outros.


 "The DUFF" é sim aquela  comédia romântica puramente clichê do início ao fim,  mas  o que torna o filme o tanto que especial é sua narrativa engraçada e extremamente bem colocada deixando telespectador com aquele sorriso ao terminar o filme. 


Então espere aquela vilã metida, aquelas cenas de compras em shopping, um atleta bonito, amizades verdadeiras e claro o baile para fechar com chave de ouro!

 Algo que também chama atenção é a referência a modernidade das redes sociais da internet  e como se dá valor a isso.


"The DUFF" foi baseado  em livro! Mas já soube que a história do filme está um tanto que diferente. Outra curiosidade é que  a protagonista é uma  atriz já tem 26 anos de idade.

sexta-feira, 5 de junho de 2015

Livro:O Feitiço Azul

Sinopse: "A atual missão da alquimista Sydney Sage fez com que ela revisse seus conceitos não só sobre os vampiros, mas também sobre a própria organização à qual pertence, responsável por esconder a existência dessas criaturas do resto da humanidade. Sydney acabou descobrindo um grupo dissidente que tinha muito em comum com os alquimistas, mas objetivos bem mais radicais. Certa de que seus superiores estão guardando segredos sobre essa facção paralela, ela contará com a ajuda do misterioso ex-alquimista Marcus Finch para tentar desvendá-los. Mas isso só será possível se ela conseguir escapar de uma ameaça ainda mais urgente; uma feiticeira cruel que suga a alma de jovens usuárias de magia. Enquanto isso, a garota luta contra os sentimentos cada vez mais fortes pelo rebelde vampiro Adrian Ivashkov. Há tabus e preconceitos milenares arraigados entre as duas raças, que representam um obstáculo enorme para esse relacionamento. Mas Adrian é persistente e é o único em quem ela confia para enfrentar as ameaças que se aproximam. Será que Sydney conseguirá se libertar do seu modo de vida e se render a esse romance?"

Comentando...

Sydney ainda está em sua missão de proteger Jill. Mas a vida de Sydney não está tranquila. Ela descobriu que existe um grupo que tem como objetivo proteger os humanos, mas eles possuem um modo mais radical de agir.
Ela também descobre que talvez os alquimistas conheçam a existência deles, mas os manterão em segredo.

"Nem sempre gostara das missões alquimistas, mas passei a maior parte da vida seguindo ordens sem questionar, pois acreditava que meus superiores sabiam o que precisava ser feito e estavam agindo pelo bem maior. Os acontecimentos recentes, porém, tinham colocado isso em questão." Pág. 51

Além de ter que lidar com as dúvidas sobre as condutas dos superiores alquimistas, Sydney tem que enfrentar a ameaça de uma feiticeira.

"Um ataque mágico dessa magnitude era uma das coisas mais terríveis que eu conseguia imaginar." Pág. 86

Contra muitos de seus preconceitos sobre magia, Sydney vai fazer coisas que antes ela não se imaginava capaz para poder proteger aqueles que ela ama.

"Por mais que não gostasse de magia, gostava muito de resolver problemas, e os desafios que a magia apresentava viviam me intrigando." Pág. 12

"Se tinha como impedir aquilo, era minha obrigação." Pág. 89


No terceiro livro da série a Sydney tem que tomar difíceis decisões. Mas ela está mais decidida, está mais convicta em suas ideias. Mesmo que às vezes suas antigas crenças ainda pesem em algumas decisões.
Ela está em dúvida sobre os sentimentos que está sentindo por Adrian, sabe que gosta dele, mas existem preconceitos sobre o relacionamento entre um Moroi e uma humana (ainda mais ela sendo uma alquimista).

"Eu não podia sentir nada por ele. Não podia." Pág. 11

Adrian é paciente em relação aos acontecimentos envolvendo Sydney, ele consegue fazer com que ela fica mais tranquila com seus sentimentos, deixando um pouco o lado super racional de lado. Mas ele também sabe que seu relacionamento com ela não será facilmente aceito, mas fará de tudo para ficar com ela.

"Nós dois só temos que superar algumas centenas de anos de tabus e preconceitos arraigados entre nossas raças. Tranquilo." Pág. 30

Um livro difícil de largar e muito emocionante. O final do livro nos deixa em expectativa para a continuação, querendo saber o que vai acontecer com a Sydney e quais decisões ela vai ter que tomar

terça-feira, 2 de junho de 2015

NÃO É DESFECHO, APENAS UM TRECHO : OUTLANDER - O resgate no Mar (Parte1)


O quadro " Não é o desfecho, apenas um trecho" dessa vez, será do livro " O Resgate no Mar" que trata-se do volume 3 da série "Outlander" que ano passado ganhou sua adaptação para a telinha da televisão em forma de seriado.


" Já lutara em outros exércitos e  sabia que essa amnésia não era incomum entre soldados, já presenciara antes, embora nunca a tivesse sofrido.Sabia que as lembranças retornariam e esperava estar morto quando isso acontecesse. " - Página 19


"Esquecendo-se de rezar, começou em vez disso, a evocar o rosto de Claire por trás das pálpebras, a curva da face da têmpora, a testa larga e alva que sempre o fazia querer beijá-la [...] " Página 23


" Somente quando as luzes da mansão Lallybroch surgiram no campo de visão é que ele finalmente sentiu o mato da condição humana cair sobre ele." - Página 79

" O vento mudara de direção outra vez, de modo que ele só ouvia fragmentos de palavras [...]" - Página 107

" - Ah, sim. É inquestionável, sabe.Não há muitas pessoas assim...que lhe digam a verdade sobre si mesmos e sobre qualquer outra coisa de pronto.Só conheci três pessoas assim, eu acho...quatro agora - disse ela, seu sorriso ampliando-se cordialmente para ele. - Houve Jaime, é claro." -  Página 138.

Esse quadro serve para dar o gostinho da leitura, mas encontrei uma "Fan Art" tão fofa da saga que vou finalizar a postagem com ela:


segunda-feira, 1 de junho de 2015

Promoção: Vango - Entre o Céu e a Terra

Em parceria com a editora Melhoramentos, será sorteado um exemplar de lançamento "Vango - Entre o Céu e a Terra". Confira a sinopse:

"Salvar a pele e, ao mesmo tempo, descobrir a própria identidade: esses são os grandes desafios de Vango. Ao ler esse thriller histórico, ambientado no conturbado período entre as duas grandes guerras mundiais, somos impelidos a fugir com esse rapaz órfão de 19 anos que desconhece sua origem e tenta entender por que a polícia e um franco-atirador estão em seu encalço.
A narrativa começa na solenidade em que Vango e outros seminaristas seriam ordenados padres na Catedral de Notre-Dame, em Paris. O assassinato do padre Jean, seu protetor, desencadeia a perseguição ao rapaz, suspeito do crime, que empreende uma fuga espetacular ao escalar nada menos do que os famosos vitrais da catedral. Essa cena é apenas um exemplo da aventura de que é feita toda a saga, em que acompanharemos nosso protagonista em situações e lugares improváveis – pulando de um trem em movimento, escondido na copa das árvores num bosque da Escócia ou dependurado num zepelim sobre um vulcão.
O fracasso em não ter sido ordenado padre deixa nosso herói arrasado, mas a jovem Ethel, porém, fica bem feliz. É ela quem vai ajudar Vango a provar sua inocência. A saga traz outros personagens marcados por segredos, como Mademoiselle, a senhora poliglota e sem memória com quem Vango é salvo do naufrágio na costa da Sicília aos 3 anos, e Hugo Eckener, personagem verídico, comandante do Graf Zeppelin, o grande dirigível que fascinou o mundo nas primeiras décadas do século XX. Algumas personalidades incorporadas à história são Joseph Stalin, sua filha Svetlana e Adolf Hitler."
Promoção válida até dia 03 de Julho e sorteio será realizado no dia seguinte. Boa sorte! A seguir banner com as regras que são bem simples.
Obs.:Para validar sua participação comente ESTA postagem deixando nome  completo e seu e-mail.