segunda-feira, 30 de junho de 2014

Entrevista: Katy Evans

Esse ano, tive oportunidade de ler o romance "new-adult" , REAL da autora Katy Evans. Gostei muito da leitura e mandei e-mail  para autora, o que eu não esperava é que no dia seguinte na minha Caixa de Entrada estaria a resposta!  Toda organizada em letras na cor rosa. Autora muito fofa, não? Segue aqui a entrevista:

1) I know you're tired of answering, but readers love to know, so I'll
ask what the inspiration again, for "Real"?

The heart and soul of Real has always been Remington, even though Brooke plays an equally important part , Remy was always the core of the story for me. Really what got me writing was that incredibly demanding energy I get from Remy, just basically needed to get his story down so he could go after his girl. 

Tradução
1) Eu sei que você está cansada de responder, mas os leitores gostam de saber, então vou ter que perguntar novamente,  qual a inspiração para "Real" ?

O coração e a alma do Real sempre foi Remington, embora Brooke desempenhe um papel igualmente importante, Remy sempre foi o núcleo da história para mim. Realmente o que me fez escrever foi  a  incrível e exigente energia recebida de Remy, basicamente  era do que  eu precisava para assim obter a sua história  e que ele pudesse ir atrás de sua namorada.

2) I saw that your character has a very strong relationship with the songs you write is listening to music for inspiration?

I write listening to music, so when I was writing the plane scene where she meets him, I wondered what song he was listening to when he pulled off his headphones to greet her. As the scene progressed, it just came together. I feel like they’re the ones who tell me the story, and I just listened. So I listened and watched in fascination as he scrolled his iPod for a song, and I scrolled mine, and suddenly he just gave me Iris and blew me away. I’d heard this beautiful Goo Goo Dolls song before, but Remy managed to give a whole new meaning to it for me.

Tradução
2) Eu percebi que o seu personagem tem uma relação muito forte com  as  músicas , você escreve ouvindo música  para a inspiração ?

Escrevo ouvindo música, então quando eu estava escrevendo a cena do avião onde ela encontra ele, eu me perguntava qual a música que ele estava ouvindo quando ele tirou os fones para cumprimentá-la. Como a cena progredia, isso  só veio junto. Eu sinto que eles são os únicos que me contam a história, e eu só ouvia. Então, ouvi e assisti com o fascínio que ele  mexia em seu iPod  em busca de uma canção, e eu  mexia no meu ipod também, e de repente ele só me deu Iris e me surpreendeu. Eu ouvia esta bela canção  do Goo Goo Dolls antes, mas Remy conseguiu dar um novo significado a ela para mim.

3) With fashion books film becoming inevitable to ask, what would be your "dream cast" for the protagonists of the book "Real"?

I'm a huge believer in letting the readers cast the actors. Who would you pick?

Tradução
3) Com  a moda de livros se transformarem em filme , é inevitável a pergunta,  qual seria  seu "elenco dos sonhos" para os protagonistas do livro "Real"?

Eu acredito em deixar a escolha do elenco para os leitores. Quem você escolheria?

4) Finally, please leave a special message for the readers of the blog.

 I hope someday I can join you in Brazil for  a Remy reading!

Tradução
4)Finalmente, por favor deixe uma mensagem especial para os leitores do blog.

 Espero que um dia eu possa  visitar o Brasil para uma leitura do Remy!


quinta-feira, 26 de junho de 2014

Livro: A Bandeja - Lycia Barros

A postagem especial de hoje, fica por conta do livro que foi Vencedor do Prêmio Codex de Ouro de Melhor Romance.

Sinopse: "Aos 18 anos, Angelina está prestes a viver o maior desafio de sua vida: sair de Petrópolis para estudar no Rio de Janeiro, deixando para trás os
cuidados e a proteção de seus pais.

Assim que se instala na república de estudantes e começa a assistir às aulas, a jovem percebe que as dificuldades serão muitas. Ela divide um quarto com uma colega desorganizada, uma frequentadora assídua de festas e chopadas que vive cercada de más companhias. Além disso, as condições das instalações da faculdade são precárias e os professores não parecem comprometidos.

Angelina já está desanimando de sua nova vida quando esbarra no lindo
Alderico – ou Rico –, um cara capaz de fazer qualquer garota perder o fôlego. O que ela não poderia imaginar era que Rico é seu professor de linguística e se interessaria por ela também.

Deslumbrada com a descoberta da paixão e certa de que Rico é seu grande amor, Angelina se joga de cabeça nessa relação, ignorando todos os conselhos que recebera dos pais a vida inteira.

Ao mesmo tempo ela começa a ter sonhos que não consegue entender: homens lhe oferecem objetos numa bandeja e, logo depois que Angelina aceita seus presentes, eles se transformam em feras e desaparecem numa floresta.
Primeiro volume da série “Despertar”, A bandeja é um romance arrebatador que retrata os dramas e as provações pelos quais qualquer jovem passa quando se afasta de sua essência e deve trilhar de novo o caminho do amor verdadeiro e de Deus."

A editora Arqueiro foi uma fofa e mandou o livro em uma linda embalagem de presente, com marcadores e a surpresa: Livro autografado!


Sobre a autora:


"Lycia Barros nasceu no Rio de Janeiro, em 1976. Chegou a cursar Letras na UFRJ e iniciou a carreira de escritora em 2010, com A bandeja, que está sendo relançado agora. Em 2013, o livro ganhou o prêmio Codex de Ouro na categoria Melhor Romance. Lycia já tem oito livros publicados. Ela dá palestras por todo o Brasil e ministra aulas sobre o mercado editorial. Mora em sua cidade natal com o marido e os dois filhos. "

Para finalizar a postagem deixo aqui um pequeno trecho do livro:


segunda-feira, 23 de junho de 2014

Seriado: The 100


Sinopse: "Noventa e sete anos antes, um apocalipse nuclear dizimou o planeta Terra e destruiu a civilização. Os únicos sobreviventes foram os 400 habitantes de 12 estações espaciais que estavam em órbita durante o acontecimento. Depois de tantos anos, a população das aeronaves aumentou e os recursos estão quase acabando, o que pode significar o fim dos seres humanos.
Por isso, os comandantes enviam para a Terra cem jovens prisioneiros, na tentativa de testar a situação no nosso planeta e descobrir se existe a possibilidade de retorno ao local. Além de lidarem com as próprias diferenças, o grupo precisa se unir para enfrentar os perigos que os aguardam por causa da radiação. Para complicar, tudo indica que eles não estão sozinhos."
Descobri esse seriado no facebook, em grupos da galera que AMA seriados, e logo que vi chamou minha atenção. Só assisti tudo ( Em maratona) quando o seriado terminou e para minha alegria NÃO cancelaram, segunda temporada está garantida!  Depois soube que tal seriado é baseado em um livro, não li, mas já vi alguns comentários de pessoas que curtiram mais adaptação para as telinhas do que a leitura. E o que eu achei? AMEI! 
 A primeira temporada é curtinha, são apenas 13 episódios, em que muita coisa acontece! O elenco está ótimo, a maioria para mim são rostos novos, com exceção   de Thomas McDonell  - protagonista do filme " A Melhor Festa do Ano"  da Disney- eu apelidei ele de "mini- Dinka" referência ao personagem Dimitri Belikov da série de livros "Academia  de Vampiros" . Mas no decorrer do seriado, ele não se tornou meu personagem favorito.Os que ganharam meu coração são: A personagem Clarke, uma mocinha forte e com personalidade; e Bellamy que parece ser o "vilão" mas  cada capítulo conhecemos mais desse personagem que adorei.
 The 100 para mim é uma espécie do grande sucesso "The Lost" mas para jovens. Por que? Bom, os personagens ficam na floresta, tentando sobreviver, cada um com a personalidade diferente sendo obrigados a conviver.Aí já temos "O problema". Temos a versão feminina do médico Jack de "Lost" que tem que resolver todos os problemas médicos, representada por Clarke. Cada capítulo descobrimos um pouquinho mais de cada personagem antes de eles estarem na Terra.Temos os  inimigos "grounders", as pessoas que estavam sobrevivendo na Terra antes dos 100 escolhidos chegarem , outros inimigos como "o povo da Montanha" e para completar o pacote de sucesso há muitos mistérios! Uma curiosidade o ator Henry Ian Cusick fazia o Desmond do Lost faz parte do elenco de The 100.
 Um seriado que prende, com ação, mistério e uma pitada de romance.Mal posso esperar para a próxima temporada!

quinta-feira, 19 de junho de 2014

Livro:Estranha Perfeição - Abbi Glines

Sinopse: "Della Sloane não é uma garota comum. Ansiando se libertar do seu passado sombrio e traumático, ela planeja uma longa viagem de carro em busca de autoconhecimento e dos prazeres da vida real. Seu plano, no entanto, logo encontra um obstáculo: o automóvel fica sem gasolina em Rosemary, na Flórida, uma cidadezinha praiana no meio do nada.

Neste cenário, ela conhece o jovem Woods Kerrington, muito disposto a ajudar uma menina bonita em apuros. O que ela não sabe é que Woods é o herdeiro do country club Kerrington e está de casamento marcado com Angelina Greystone, uma união arranjada que culminará na fusão de suas empresas, garantindo o futuro profissional do rapaz.

Uma noite despretensiosa parece a solução perfeita para Della e Woods fugirem por um tempo de tanta pressão. Do passado que ela gostaria de esquecer. Do futuro de que ele tantas vezes tentou escapar. 

Mas eles não poderiam prever que a atração os levaria a algo mais quando os seus caminhos se reencontrassem. Agora precisam aceitar suas estranhezas para descobrirem a perfeição.
"

 Li os livros anteriores, "Paixão Sem Limites" e "Tentação Sem Limites"  da autora  e "Estranha Perfeição" posso comentar que foi o meu favorito por enquanto. O livro se trata de um " Spin-off" do persoagem  Woods que já aparecia nos livros anteriores. Caso ainda não tenha lido, dá sim para começar por "Estranha Perfeição" no entanto sploiler  dos outros protagonistas será inevitável.

 Abbi continua com sua narração recheadas de cenas hots; mas o que chamou minha atenção para o livro foi o amor surgindo entre os protagonistas acompanhado do drama vivido por Della. Não foi à toa que quem foi uma das leitoras betas foi a autora Collen Hoover conhecida  pelos romances "Métrica" e "  Um Caso perdido".

 Narração alternada, sempre em primeira pessoa mas com o ponto de vista de Woods em um capítulo e Della em outro. O que admiro nessa narração é como a autora consegue incorporar o jeito do personagem.

 "Estranha Perfeição" foi uma leitura rápida que adorei, a editora Arqueiro ainda foi uma fofa mandando  um panfleto com a playlist usada por Abbi Glines, é ótimo ver as autoras se inspirando em músicas que a gente conhece, em particular quando vi a canção "Just a Kiss" do trio country Lady Antebellum, amei!


 Apesar de não ter na playlist, acho que se encaixa  principalmente  o clipe de " Teenage Dream"  música da Katy Perry, tem muito o estilo dos protagonistas.




sábado, 14 de junho de 2014

Lançamentos: Editora Arqueiro

Sinopse:"Mistura perfeita de história policial com drama de relacionamento, Reconstruindo Amelia deve ser saudado como um dos melhores livros do ano.” – Entertainment Weekly Você conhece a pessoa que mais ama no mundo? Kate Baron achava que sim até receber a devastadora notícia de que Amelia, sua filha de 15 anos, cometeu suicídio pulando do telhado do colégio particular onde estudava. Poucos dias depois, entretanto, uma mensagem anônima em seu celular revela que a morte de sua filha talvez não tenha sido da maneira que as autoridades alegaram. Amelia pode ter sido assassinada? Como advogada, Kate está determinada a descobrir a verdade e, para isso, mergulha no passado da filha, recolhendo cada fragmento de e-mail, cada linha dos textos do blog, cada atualização de status do Facebook. Sempre um passo atrás da verdade, ela descobre um lado de Amelia que nunca imaginaria que existisse. Este impressionante romance de estreia vai além de uma história sobre segredos e mentiras. Narra a busca de uma mãe tentando reunir cada detalhe possível para reivindicar a memória da filha que não pôde salvar."

Sinopse:“Abercrombie tem uma compreensão incrível_da condição humana... Um autor que escreve de maneira atraente, sempre focado no personagem... Uma história madura, para leitores que buscam entretenimento, mas também desafios.” – Justin Thorne, site SFFWorld Nesta ardilosa sequência de O poder da espada, o futuro da União está em três frentes de batalha – e nenhuma delas parece nem perto da vitória. Sand dan Glokta se tornou o todo-poderoso de Dagoska e tem de impedir que ela seja tomada pelos inimigos – tarefa difícil em uma cidade com muralhas decadentes e escassez de soldados. Além disso, o ex-torturador também precisa desvendar uma conspiração no conselho governante e salvar a própria pele. Enquanto isso, nas terras congeladas de Angland, o coronel West tem pela frente uma complicada missão: proteger o príncipe herdeiro no campo de batalha e evitar que a inexperiência e a arrogância dele levem todos para a morte. Ao mesmo tempo, Bayaz, o Primeiro dos Magos, lidera uma expedição que cruzará o continente até a borda do Mundo. Passando por terras amaldiçoadas e esquecidas no passado, ele precisa encontrar a Semente – uma relíquia do Tempo Antigo que poderia pôr um fim à guerra, ao exército de comedores que se multiplica no Sul e aos bandos de shankas que atacam no Norte. Nesta trama inteligente e de personagens complexos, antigos segredos são revelados, batalhas sangrentas são travadas, inimigos mortais são perdoados – mas não antes de estarem na forca."

quinta-feira, 12 de junho de 2014

Livro: Caso Perdido - Collen Hooker

Sinopse:"Sky cataloga garotos como sabores de sorvete. Alguns são baunilha, outros um pouco mais ousados. Mas nenhum a empolga. Em seu último ano de escola, conhece Dean Holder, um rapaz com uma reputação capaz de rivalizar com a dela. Em um único encontro, ele conseguiu amedrontá-la e cativá-la. E algo nele faz com que memórias de seu passado conturbado comecem a voltar, mesmo depois de todo o trabalho que teve para enterrá-las. Mas o misterioso Holder também tem sua parcela de segredos e quando eles são revelados, a vida de Sky muda drasticamente."
Li  esse livro emprestado da minha grande amiga Ana Nathalie  que indicou essa leitura. E deixo registrado aqui meu agradecimento!
 Comentando...
 Nunca havia lido nenhum livro da autora "Um caso perdido" foi meu primeiro contato com a narrativa de Collen  Hoover e posso comentar que ela acabou de conquistar mais uma fã! Collen escreveu em primeira pessoa e consegue entrar completamente na cabeça do personagem!É uma narração um tanto "simples",  mas que consegue demonstrar todos os sentimentos dos personagens. E outro fato, sim! Eu sou o tipo de leitora que lê absolutamente TUDO que tem no livro, amei os agradecimentos da autora! Ela me fez sorrir ao comentar sobre a "contribuição" do marido, dos e-mail "atualizados" de seus rascunhos que mandava para leituras afim de feedback ( Com essa parte me identifiquei, pois também fico uma pilha de ansiedade quando escrevo.

 Sobre os personagens, Collen  trabalha um assunto um tanto que pesado, sem dar spoiler, só posso comentar que fiquei com muita pena de Sky e o protagonista  Holder que me deixou com tantas dúvidas me surpreendeu!  E as falas dele, que a Sky comenta são palavras extremamente pensadas, são ótimas:

" -As mais fáceis.O primeiro abraço, o primeiro encontro, a primeira vez que dormimos juntos, apesar de eu não ter dormido.Agora não nos resta quase nada. O primeiro beijo.A primeira vez que dormimos juntos os dois, sem ninguém pegar no sono antes da hora.Que casamos. Que temos um filho.Depois disso já era.Nossas vidas vão ficar entediantes e sem graça e vou ter que me divorciar para me casar com outra mulher e ter muitas outras primeiras vezes e vai sobrar para você criar nossos filhos.- Ele toca minha bochecha e sorri.- Está vendo querida?Só estou fazendo isso pelo seu bem.Quanto mais esperar para beijá-la, mais tempo vai demorar para que seja obrigado a abandoná-la. " - Página 133

"-Preciso beijar você- Repete ele, soando desesperado dessa vez.- Por favor, Sky. Tenho medo de que depois do que vou contar...nunca poderei beijar você de novo.- Ele chega mais perto de mim e acaricia minha bochecha com o polegar, sem desviar os olhos dos meus nem por um segundo. - Por favor." -Página 241-242

Partes em que amei a descrição:
"Continuo existindo, e ele continua existindo, mas não existimos juntos." - Página 157

"Uma das coisas que amo nos livros é que eles conseguem definir e condensar certos momentos da vida de um personagem em capítulos.É intrigante, pois na vida real é impossível fazer isso.Não dá para terminar uma capítulo, pulas as coisas pelas quais  a pessoa não quer passar e simplesmente começar um capítulo que melhor se encaixe com sua vontade. A vida não pode ser dividida em capítulos...só em minutos. " - Página 247.

 Gosto muito de associar música e livros... Segue aqui uma música do Maroon 5, composição do vocalista, Adam Levine que ouvi muito durante essa semana:  

                                                                      Won't Go Home Without You


                                                                                    I asked her to stay

But she wouldn't listen

She left before I had the chance to say, oh

The words that would mend

The things that were broken

But now it's far too late she's gone away



Every night you cry yourself to sleep

Thinking why does this happen to me

Why does every moment have to be so hard

Hard to believe that



It's not over tonight

Just give me one more chance to make it right
I may not make it through the night
I won't go home without you

The taste of her breath, I'll never get over
The noises is that she make keep me awake, oh
The weight of things that remained unspoken
Built up so much it crushed us everyday

Every night you cry yourself to sleep
Thinking why does this happen to me
Why does every moment have to be so hard
Hard to believe that

It's not over tonight
Just give me one more chance to make it right
I may not make it through the night
I won't go home without you

It's not over tonight
Just give me one more chance to make it right
I may not make it through the night
I won't go home without you

Of all the things I've felt but never really shown
Perhaps the worst is that I ever let you go
I should not ever let you go oh oh oh



Não Irei Para Casa Sem Você
Eu pediria para ela ficar
Mas ela não me ouviria
Ela partiu antes que eu tivesse a chance de dizer, oh
As palavras que concertariam
As coisas que estavam quebradas
Mas agora é tarde demais, ela foi embora

Toda noite você chora até dormir
Pensando "por que isso acontece comigo?
Por que todo momento tem que ser tão difícil?"
Difícil acreditar nisso

Não está acabado hoje à noite
Apenas me dê mais uma chance para fazer isso certo
Eu posso não sobreviver durante a noite
Eu não irei para casa sem você

O gosto da respiração dela, eu nunca irei me recuperar
Os barulhos que ela fazia me deixavam acordado
O peso das coisas que continuaram não ditas
Aumentou tanto que nos esmagava todos os dias

Toda noite você chora até dormir
Pensando "por que isso acontece comigo?
Por que todo momento tem que ser tão difícil?"
Difícil acreditar nisso

Não está acabado hoje à noite
Apenas me dê mais uma chance para fazer isso certo
Eu posso não sobreviver durante a noite
Eu não irei para casa sem você

Não está acabado hoje à noite
Apenas me dê mais uma chance para fazer isso certo
Eu posso não sobreviver durante a noite
Eu não irei para casa sem você

De todas as coisas que senti mas nunca realmente demonstrei
Talvez a pior seja eu ter te deixado partir
Eu nunca deveria ter te deixado partir... Oh oh oh "

 E para finalizar fotinho de como eu imagino Sky e Dean Holder juntos aliados com a tecnologia de um computador:

quarta-feira, 11 de junho de 2014

Filme: Endless Love

Sinopse: "Jade Butterfield (Gabriella Wilde) é uma jovem superprotegida pelos pais, que aparenta ter um futuro brilhante pela frente. Só que ela se apaixona perdidamente por David Elliott (Alex Pettyfer), um jovem mais humilde que tem um passado conturbado. O relacionamento não é aprovado pelo pai de Jade, Hugh (Bruce Greenwood), que recomenda cautela à filha. Ainda assim, ela se entrega de corpo e alma à paixão por David."

Comentando...

Remake  de " Amor Sem Fim (1981)". No entanto, não posso comparar pois só vi a versão atual.

  "Endless Love" para mim teve um toque do filme "3 metros sobre el cielo" que já fiz resenha aqui no blog. Mas a grande diferença fica por conta do protagonista David. Ele é o tipo de personagem encantador! Que você sonha em encontrar na vida real.

 O filme demonstra os problemas familiares...Pode parecer uma família rica e feliz, mas cada membro tem os seus "dramas". E ao assistir, você não deixa de ficar com aquela sensação: " Nossa, parece um livro New Adult!". Mas já pesquisei e não é baseado em livro algum.

 Confesso que fiquei com um pouquinho de lágrimas nos olhos mas só para alertar filme tem happy end!


 "Endless Love" com certeza entra na minha lista Top de filmes.

segunda-feira, 9 de junho de 2014

Livro: Boneca de Ossos

Sinopse: "POPPY, ZACH E ALICE sempre foram amigos. E desde que se conhecem por gente eles brincam de faz de conta – uma fantasia que se passa num mundo onde existem piratas e ladrões, sereias e guerreiros. Reinando soberana sobre todos esses personagens malucos está a Grande Rainha, uma boneca chinesa feita de ossos que mora em uma cristaleira. Ela costuma jogar uma terrível maldição sobre as pessoas que a contrariam. Só que os três amigos já estão grandinhos, e agora o pai de Zach quer que ele largue o faz de conta e se interesse mais pelo basquete. Como o seu pai o deixa sem escolha, Zach abandona de vez a brincadeira, mas não conta o verdadeiro motivo para as meninas. Parece que a amizade deles acabou mesmo..."

Os amigos Poppy, Zach e Aline estão sempre juntos brincando de faz de conta e imaginando diferentes mundos.
"Por isso Zach adorava brincar: momentos em que ele parecia acessar outro mundo, que parecia mais real que qualquer coisa." Pág. 8

Quem governava o  mundo imaginário dos três amigos era a Grande Rainha, uma boneca feita de ossos e que ficava dentro da cristaleira da mãe de Poppy, e que eles não deveriam mexer.
"A Rainha era uma boneca de porcelana de ossos com cachos dourados num tom de palha e a pele branca como papel." Pág. 14

Zach para de brincar com Poppy e Aline, mas não explica para as meninas o porque de não brincar mais com elas.
"O pai adorava o fato de Zach estar no time de basquete. Às vezes, parecia ser a única coisa em Zach de que ele gostava." Pág. 20

Algo estranho acontece com Poppy. Ao contar o que aconteceu para seus amigos Zach e Aline, eles não acreditam nela e acham que ela está imaginando a história para que voltem a brincar juntos. Será que Poppy está imaginando a história ou existe um fundo de verdade?
"-Não parecia em nada com um sonho. ... A menina me disse que eu tinha de enterrá-la." Pág. 59
  
Boneca de ossos é um livro do selo #irado da editora Novo Conceito voltado para o público infanto-juvenil. Mas nós adultos não só podemos, como devemos ler esse livro. Um livro maravilhoso que te prende desde o começo.

Adorei a forma como a autora Holly Black conseguiu entremear a história da boneca com o crescimento dos três amigos. Poppy, Zach e Aline estão crescendo e alguns dos amigos não estão conseguindo aceitar muito bem esse crescimento porque acha que ao crescerem eles irão distanciar-se. Uma parte engraçada é o fato de Zach não percebe algumas sutilezas ao seu redor. Ele está crescendo e passando por uma nova fase em sua vida, e está descobrindo novas etapas em sua vida.

O livro possui um ar de mistério misturado com terror que deixa a história envolvente. Você fica se questionando se o que está acontecendo é só imaginação da Poppy ou se é verdade e existe algo misterioso por trás da história da boneca. As aventuras de Poppy, Zach e Aline para desvendar a verdade sobre a boneca são maravilhosas, elas são imprevisíveis e não conseguimos imaginar o que vai acontecer com eles, as surpresas que ocorrem nas aventuras dão um impacto ótimo na leitura da história.
 Com ilustrações ao longo da história que  ilustram perfeitamente o que está sendo descrito, dando um começo para a nossa imaginação. Deixe-se envolver pela história de Poppy, Zach e Aline, e descubra mais sobre a boneca de ossos. 

sábado, 7 de junho de 2014

Eventos: Editora Arqueiro

A seguir foto com os eventos literários da Editora Arqueiro.
Mais detalhes:https://www.facebook.com/events/396842323791686/

sexta-feira, 6 de junho de 2014

Livro : Incendeia-me - Tahereh Mafi

Sinopse:"O destino do Ponto Ômega é desconhecido. Todas as pessoas com quem Juliette se importa podem estar mortas. Talvez a guerra tenha chegado ao fim antes mesmo de ter começado.
Juliette foi a única que restou no caminho d O Restabelecimento. E sabe que, se ela sobreviver, O
Restabelecimento não sobreviverá.

Entretanto, para destruir O Restabelecimento e o homem que quase a matou, Juliette vai precisar da ajuda de alguém em quem nunca pensou que pudesse confiar: Warner. Enquanto eles lutam juntos para combater o inimigo, Juliette descobre que tudo que ela pensava saber sobre seu poder, sobre Warner e até mesmo Adam era uma mentira."

 Quem acompanha o blog, deve saber que eu sou fã da autora Tahereh Mafi .Mais uma leitura cujo resultado não podia ser diferente: "Incendeia-me"  fez amar ainda mais sua saga.

 Tahereh nesse livro novamente consegue surpreender, com personagens complexos que te cativam. O vilão que "não é o vilão", o mocinho que " não é o mocinho":

" Porque quanto mais descubro a respeito dele,menos desculpas tenho para afastá-lo.Ele está se desvendando diante de mim, tornando-se algo diferente por completo; aterrorizando-me de um modo que eu nunca poderia ter esperado. " -Página 47

A narração, impecável! Talvez, faltem palavras para descrever o quanto é apaixonante :

"Palavras, eu penso, são criaturas muito imprevisíveis.
Nenhuma arma, nenhuma espada, nenhum exército nem rei um dia será mais poderoso que uma frase.As espadas podem cortar e matar, mas as palavras vão golpear e ficar..." - Página 116

" Ele solta a respiração, a tensão clara em seus ombros e no contorno de seu maxilar e , quando ele enfim olha para mim de novo, há histórias em seus olhos, pensamentos e sentimentos e sussurros de coisas que eu nunca nem vira antes.Verdades que ele talvez nunca se force a dizer; coisas impossíveis e coisas inacreditáveis e uma abundância de sentimentos dos quais eu nunca pensei que ele fosse capaz. "  - Página 135

"Estamos no telhado, do lado de fora, onde o mundo está preto como breu a não ser pelas estrelas e a fatia de lua que alguém pendurou no céu. Às vezes, pergunto-me se os planetas ainda estão lá em cima, ainda alinhados, ainda conseguindo se dar bem depois de todo esse tempo. Talvez pudéssemos aprender uma coisa ou outra com eles." - Página 145

"E nós somos aspas, invertidas e de ponta-cabeça, agarradas uma à outra no final desta sentença de vida.Presos por vidas que não escolhemos. " -Página 282

" É o tipo de beijo que inspira estrelas a subirem ao céu e iluminarem o mundo. O tipo que demora para sempre e não demora tempo algum." -Página 299

"Porém, apesar do fato de que iremos conhecer o depois e de que já conhecemos o antes, nunca conhecemos o presente.Esse momento e o próximo e mesmo o que teria sido imediatamente agora se foram, já passaram, e tudo o que nos resta são estes corpos cansados, a única prova de que atravessamos o tempo e sobrevivemos a ele. " - Página 344

 Diálogos inteligentes:

" - Uma vez você me acusou de não saber o significado do amor - ele diz.- Mas estava errada.Você me culpa, talvez por amá-la demais." - Página 218


"-Assim, ela me contou uma história.Uma história sobre um menino que nasceu com os olhos muito verdes e o homem que ficou tão cativado pela cor deles que procurou pelo mundo uma pedra do exato mesmo tom. " -Página 270

Acho que nunca fiz uma resenha com tantos trechos... Livro MARAVILHOSO. E inclusive teve uma parte que tive que fazer uma montagem especial... Palavras são extremamente bem trabalhadas por Tahereh...Transmitem amor, transmitem tristezas...Transmitem vida.