quarta-feira, 24 de dezembro de 2014

Por que Friends é a série "queridinha" do mundo?

Seriado que estreou quando eu ainda era criança, em 1994 e somente anos depois quando infelizmente a série  já havia terminado todas as temporadas  é que comecei a assistir. Na época, estava iniciando a faculdade e um amigo da minha mãe que tinha o box do seriado  foi me emprestando.... O resultado? Friends ganhou meu coração. Desde então já assisti todas as temporadas, revi episódios e mesmo assim consigo rir novamente.

A escritora Meg Cabot de quem eu sou fã volta e meia citava em seus livros sobre Friends e sempre tive aquela curiosidade para entender o porquê de essa ser  uma daquelas séries queridinhas pelos telespectadores...Talvez o grande truque de Friends tenha sido a "simplicidade", pois o enredo é nada mais nada menos que 6 amigos: 3 mulheres e 3 homens  em que  mostra o cotidiano na vida deles...Talvez seja as personalidades tão distintas de cada personagem e mesmo assim eles são grandes amigos...Talvez seja as qualidades e defeitos  de cada um:Ross sendo o intelectual, Chandler o que tenta fazer piada de tudo, Mônica a obcecada por limpeza, Phoebe a "maluquinha" da turma, Joey  o "bobo" e Rachel a patricinha... Friends foi o tipo de seriado que conseguiu destacar os 6 protagonistas igualmente, cada um teve o seu momento. Talvez o sucesso do seriado  tenha sido mostrar de uma forma bem humorada os problemas da vida. Sim! Em Friends os personagens ficavam desempregados, iam pulando de emprego para emprego. Problemas na vida amorosa, Ross se divorciou inúmeras vezes durante as temporadas....Talvez  seja pelos capítulos em que mostrava o passado um tanto que "constrangedor" : Rachel  antes da cirurgia plástica no nariz, Mônica gorda, Ross sendo ele mesmo de uma forma excêntrica...Talvez  sejam as frases ou  fatos marcantes : O famoso "OH. MY. GOD" de Janice que se quer era protagonista , o homem pelado que se quer apareceu no seriado! Mas foi  o assunto de boas risadas durante um tempo. As cantadas de Joey com  "How you doin` ", a música clássica "Smelly Cat" de Phoebe ,  o par  poltronas de Chandler e Joey para assistir televisão... Talvez seja  as participações especiais  de atores como Bruce Willis, Julia Roberts, Brad Pitt, George Clooney, Sean Pean...Ou talvez a responsável pelo sucesso seja apenas  a música contagiante  "I'll Be There For You" contida na abertura da série e sim eu batia palmas quando tinha palma na música para acompanhar!


   Friends  nunca foi aquela comédia "forçada", conseguiu ter a sensibilidade de transformar situações simples em especiais...A série consagrada como queridinha devido a tudo isso junto e mais... Foi capaz de fazer o mundo ver um simples café e um sofá de outra forma!

terça-feira, 23 de dezembro de 2014

Entrevista:Marina Carvalho

 
A última entrevista do ano fica por conta de uma pessoa que tenho um carinho muito especial. Sempre quero ler mais e mais os livros que ela escreve  e já curiosa por "Elena a filha da princesa".

 Autora dos sucessos "Simplesmente Ana", "Ela É Uma Fera", "Azul Da Cor Do Mar" e "De repente, Ana".... é a fofa da Marina Carvalho.

1)Sei que a lista deve ser gigante, mas sempre pergunto isso para os autores... Diga 3 escritores que você se considera fã? E se puder explica o motivo.

Bom, é difícil definir apenas três. Mas, correndo o risco de deixar um dos prediletos para trás, vamos lá: Jane Austen, Meg Cabot e José de Alencar. A Jane por ser uma escritora arrojada para a época dela, que sabia escrever romances como ninguém. Adoro a forma como ela aborda o papel da mulher na Inglaterra de início do século XIX. A Meg porque a linguagem simples que ela utiliza para desenvolver seus enredos é a cereja do bolo. Amo como ela consegue se reinventar a cada nova história. E o José simplesmente porque abriu as portas para o romance nacional e conseguiu se dar bem falando de vários assuntos diferentes.


2). Como foi o processo de publicar seu primeiro livro ?

Depois de escrever a história, comecei a planejar o envio para as editoras. Como sou viciada em leitura, já conhecia o perfil da maioria delas. Então corri atrás. Duas jamais me responderam. Uma queria fazer a publicação cobrando uma participação financeira na tiragem. Mas então surgiu a Novo Conceito, na pessoa do ex-editor Odir Cunha, que escolheu meu original entre tantos que chegam lá todos os dias.


3). Marina, sei que a essa altura é bem difícil ter alguma pergunta que leitor algum já tenha feito...Mas, tem algo sobre um livro seu que até hoje nunca perguntaram e você tem vontade de comentar?

Hum... Não estou me lembrando de nada, mas sempre gosto de falar sobre o bandido Biju, de AZUL DA COR DO MAR. Aprecio quando os leitores pedem para eu explicar o perfil dele, que é um sujeito perigoso, mas, ao mesmo tempo, com um lado frágil.


4). Por favor deixa um recadinho especial para os leitores do blog.

Deixo um beijo a todos os leitores do blog, especialmente para selar as festas de fim de ano, desejando que 2015 seja incrível para todos. E já adianto: a próxima princesa da Krósvia vai dar o que falar. Bom, se não ela, talvez o... príncipe
.

segunda-feira, 22 de dezembro de 2014

Livro: Laços de Sangue


"E Vasilisa precisa ter um familiar para poder manter o trono. Portanto, seus inimigos resolveram que, se não podem removê-la diretamente, vão remover sua família." Pág. 16

Ela precisa recuperar seu status junto aos Alquimistas, já que eles não aprovaram a conduta dela quando Sydney ajudou a dampira Rose a fugir da prisão.

"Eu precisava restaurar minha reputação entre os alquimistas e demonstrar a minha disposição de seguir ordens." Pág. 18

Com essa nova missão, Sydney parte com Jill e o guardião Eddie, que irá proteger Jill, para a Escola Amberwood. Lá ela irá conviver mais com a moroi e seu guardião. Mas algo muito estranho está acontecendo na escola, estranhas tatuagens estão conferindo poderes aos alunos da escola e Sydney não irá deixar esse mistério sem ser resolvido.

"... só conseguia pensar na obsessão que Amberwood parecia ter com tatuagens. O que aquilo significava?" Pág. 127

Além dos mistérios que Sydney tem que resolver, ela percebe que talvez os vampiros não sejam tão ruins. E Sydney começa a ter estranhos sentimentos por Adrian, um moroi que é próximo de Jill.

"Adrian Ivashkov - vampiro baladeiro e irreverente - era mais parecido comigo do que qualquer outra pessoa que eu conhecia." Pág. 289

Sydney terá vários mistérios para resolver e sentimentos para conciliar.

Laços de Sangue é o primeiro livro da série Bloodlines, spin-off da série Academia de Vampiros. Quem estava com saudades desse mundo criado pela autora Richelle Mead, pode ler e matar as saudades, e quem não conhece pode ler e se apaixonar. Revemos vários personagens conhecidos e conhecemos novos.

Essa nova série é envolvente, temos uma nova narradora e com uma visão diferente. Sydney mostra a visão dos alquimistas, ela tem alguns preconceitos sobre o mundo dos vampiros desde de pequena. Com uma nova missão ela tem que conviver com uma vampira e seu guardião, percebendo que alguns dos preconceitos que foram inseridos em sua vida podem não ser verdadeiros. Começa a rever todas as ideias que teve durante sua vida sobre os vampiros e busca solucionar essas dúvidas, mesmo que alguns medos antigos ainda interfiram em sua busca.

A convivência de Sydney com os vampiros e com os humanos da escola é bem engraçada, ela não percebe algumas sutilezas comuns entre adolescentes, já que ela não foi criada em um ambiente comum. Com o tempo, Sydney vai mostrar uma face diferente da alquimista do começo do livro.
Ela começa com a missão de disfarçar-se de estudante para poder ajudar a proteger Jill, mas um mistério cai em suas mãos e ela não deixará de solucionar esse novo mistério. E vai descobrir que os envolvidos estão mais perto do que ela pensa.

Sydney começa a ter estranhos sentimentos por Adrian, ela não consegue perceber o que esses sentimentos significam e quais consequências podem acarretar para ela.
É difícil largar o livro até chegar na última página e você fica querendo mais. A última frase do livro me deixou com muita vontade de começar a ler imediatamente O Lírio Dourado, próximo livro da série.

sábado, 20 de dezembro de 2014

Livro: Jardim Secreto

Um livro MUITO fofo lançado pela Editora Sextante é "Jardim Secreto". Se trata de um livro de colorir e descobrir as flores e objetos "escondidos". Uma atividade extremamente divertida e relaxante. A editora gentil como sempre, presenteou cada blog parceiro um kit lindo contendo um livro, ecobag e lápis de cor. Esse livro vai para um Booktour em que leitores selecionados ficaram com o livro durante um tempo para colorir uma página. A seguir segue as fotinhos da evolução da minha pintura.

E  fica uma sugestão de um ótimo presente para colorir a vida de alguém! 

quinta-feira, 18 de dezembro de 2014

Livro: Labirinto De Espelhos

Sinopse: "Quando a estudante Eva Lins conhece o misterioso e sedutor Willian não imagina quais segredos ele podia esconder por trás de tanta beleza. Que ele é perigoso, ela pôde ver em seus olhos desde a primeira vez que se encontram, porém, a vontade de estar junto a ele é maior do que qualquer pressentimento que a jovem possa ter. Chocada pelas revelações, e ao mesmo tempo atraída e fascinada por todo o mundo novo que envolve Willian, Eva não se deixa intimidar e se entrega, de corpo e alma, à história que promete ser a mais emocionante de toda sua vida, sem imaginar que mais mistérios estão para serem revelados."
Comentando...
 Livro de estréia da autora nacional Bárbara Negrão que é uma fofa com todos os leitores! O livro é recheado por exatamente 453 páginas e Bárbara teve o dom de prender o leitor e fazer sua narrativa de um modo leve o que torna a leitura completamente agradável.

 Um fato que vou citar agora pode parecer "spoiler" mas NÃO é! Pois logo nos primeiros capítulos é revelado para o leitor que o personagem Willian é um vampiro! Talvez você possa pensar: "Outra história de vampiro?". Bom, eu particularmente penso  igual a minha escritora queridinha Cassandra Clare  que explicou a respeito dos famosos triângulos amorosos existentes nos livros: É como um livro de mistério onde acontece uma assassinato e ao longo da história vai se desvendando...Não é porque um autor escreveu isso que nenhum mais poderá escrever assim! Penso dessa forma em relação as temáticas como vampiros, por exemplo.  "Labirintos De Espelhos" tem sim, um grande toque da saga de sucesso "Crepúsculo", mas a autora consegue dar o seu toque especial no enredo.

Os personagens são aqueles que são extremamente fáceis de se apegar e no início do livro as narrativas são intercaladas pela visão de Eva e Willian; e AMEI a narrativa do ponto de vista dele, confesso que queria mais!

 Ao final do livro, o leitor entenderá bem o porque o título "Labirinto De Espelhos" e também lembrei nessa fase da leitura do livro "Hush Hush" da aclamada Becca Fitzpatrick, por causa de uma certa perseguirão em um parque de diversão que ficou ótima.

Então se comparada ao estilo da grande Stephenie Meyer e  Becca Fitzpatrick...Só pode-se concluir que "Labirintos De Espelhos" é uma leitura bem recomendada!


Mal posso esperar por mais livros da Bárbara Negrão. A seguir fotinhos que a própria autora me mandou de como imagina os protagonistas. Lindos não?

sábado, 13 de dezembro de 2014

Música: McBusted

Essa postagem é sobre uma banda que eu sou só "um pouquinho" fã: McFly, mas que desde o ano passado colocou mais 2 integrantes: Jaime Bourne e Matt Willis  da  extinta banda inglesa Busted . Tal junção deu origem a McBusted.


Pelo que soube os integrantes do McFly curtiam essa banda  antes mesmo do McFly existir! Por exemplo,  Tom havia feito um teste para entrar no "Busted". Muita gente criticou essa mudança no  "McFly", entretanto depois de ouvir a versão Deluxe do álbum posso falar que mal posso esperar para ver um show de McBusted aqui no Brasil!

O single de estréia foi a música "Air Guitar" nela já dá para sentir um pouco do que esperar desse álbum. Li muitos comentários de fãs do McFly reclamando que sentiram falta da voz de Danny e Tom,  mas nas outras músicas eles soltam mais a voz.

 Quanto ao repertório destaco a música " Sensitive Guy" tem um grande toque do álbum "Radio Active". A canção "How`s My hair " é aquela que arranca boas risadas por causa da letra. "Beautiful Girls Are The Loneliest " é A balada romântica que consegue destacar a voz de todos os integrantes e tem uma ótima melodia!


Esse foi o tipo do álbum que assim que escutei foi  "amor na primeira ouvida". Os rapazes acertaram e valeu a pena a espera para essas canções novas.

quinta-feira, 11 de dezembro de 2014

Livro : Outlander - A Libélula no Âmbar

Editora: Saída de Emergência

Sinopse: "Claire Randall guardou um segredo por vinte anos. Ao voltar para as majestosas Terras Altas da Escócia, envoltas em brumas e mistério, está disposta a revelar à sua filha Brianna a surpreendente história do seu nascimento. É chegada a hora de contar a verdade sobre um antigo círculo de pedras, sobre um amor que transcende as fronteiras do tempo... E sobre o guerreiro escocês que a levou da segurança do século XX para os perigos do século XVIII. O legado de sangue e desejo que envolve Brianna finalmente vem à tona quando Claire relembra a sua jornada em uma corte parisiense cheia de intrigas e conflitos, correndo contra o tempo para evitar o destino trágico da revolta dos escoceses. Com tudo o que conhece sobre o futuro, será que ela conseguirá salvar a vida de James Fraser e da criança que carrega no ventre?”


Claire volta para a Escócia depois de vinte anos. Ela possui um segredo e decide que está na hora de revelá-lo para sua filha Brianna.

                        "Mais do que tudo, quero poder lhe contar o final da história." Pág. 53

Ela irá contar para Brianna toda sua história, sua viagem por um círculo de pedras, seu encontro com guerreiros escoceses e uma inesperada paixão. Um amor que vai transcender o tempo.

"Senti a boca seca ao pensar na conversa que teríamos. Como eu encontraria as palavras certas?" Pág. 75

Já tinha conhecimento sobre os livros da Diana Gabaldon faz um tempo, mas depois do lançamento da série para a tv e de começar a assistir me apaixonei. Logo comecei a ler o primeiro livro e fiquei apaixonada. É difícil não se envolver com a história de amor da Claire e do Jamie. Amo histórias que envolvam épocas mais antigas e também que são ambientadas nas Terras Altas da Escócia. Como não ficar fascinado pelas descrições das belas paisagens e de poderosos guerreiros escoceses.

Estava super ansiosa esperando o segundo livro da série Outlander. Li o primeiro em três dias e depois do final dele precisava saber o que iria acontecer com a Claire e o Jamie em sua jornada por Paris. Não consegui largar o livro até chegar na última página.

Ao ler a sinopse do segundo livro fiquei pensando o que teria acontecido com a Claire para voltar para seu verdadeiro tempo e o que teria acontecido com o Jamie. Nesse segundo livro, temos Claire voltando para a Escócia com sua filha Brianna depois de vinte anos. Ela decide que está na hora de revelar a verdade para sua filha e leva Brianna para onde tudo começou.

No segundo livro reencontramos personagens que apareceram no primeiro e que serão uma parte importante no decorrer da história.

Somos levados pela narrativa de Claire sobre o aconteceu em sua estada em Paris e o que ela e Jamie fizeram para tentar impedir a batalha de Culloden, uma batalha que dizimaria os clãs. Eles passam por várias dificuldades e não desistem de tentar alcançar o objetivo, mesmo que se machuquem no decorrer do caminho. 

Muitos acontecimentos importantes ocorrem e muitas ligações familiares são explicadas. A narrativa é cheia de detalhes e mesmo depois de mais de 900 páginas não ficamos cansados de continuar lendo. A leitura nos envolve e nos deixa a sensação de que estamos juntos da Claire desbravando a Escócia.

O final de A Libélula no Âmbar me deixou super ansiosa pelo próximo livro. Agora é esperar ansiosamente pelo terceiro livro.

quarta-feira, 10 de dezembro de 2014

Jogos Vorazes: A Esperança - Parte 1

A Paris Filmes, mandou para mim um par de ingresso e alguns mimos que amei! Segue a fotinho abaixo:
Sinopse: "Após ser resgatada do Massacre Quaternário pela resistência ao governo tirânico do presidente Snow (Donald Sutherland), Katniss Everdeen (Jennifer Lawrence) está abalada. Temerosa e sem confiança, ela agora vive no Distrito 13 ao lado da mãe (Paula Malcomson) e da irmã, Prim (Willow Shields). A presidente Alma Coin (Julianne Moore) e Plutarch Heavensbee (Philip Seymour Hoffman) querem que Katniss assuma o papel do tordo, o símbolo que a resistência precisa para mobilizar a população. Após uma certa relutância, Katniss aceita a proposta desde que a resistência se comprometa a resgatar Peeta Mellark (Josh Hutcherson) e os demais Vitoriosos, mantidos prisioneiros pela Capital."


"Jogos Vorazes: A Esperança - Parte 1" não tem os temidos "jogos", mas não pense que por isso não tem ação e drama... Muitas cenas dá aquele aperto no coração.

E ok! Pela sinopse talvez você pense " E o que eu vou ver de novo no filme? A sinopse fala tanta coisa já". E sim, a sinopse realmente cita muita coisa, mas não mostra os detalhes de tudo e o principal não mostra o show de interpretação que os atores dão! E claro tem o figurino, o cenário do filme... Tudo isso faz o fato de ir ao cinema e assistir valer a pena.

sábado, 6 de dezembro de 2014

Livro: O Diário Secreto De Lizzie Bennet

Sinopse:" Lizzie Bennet é uma jovem estudante de comunicação que resolve fazer um vlog como projeto para a faculdade, postando vídeos em que reflete sobre sua vida e a de suas irmãs. Quando dois amigos ricos e charmosos chegam à cidade, as coisas começam a ficar mais interessantes para as irmãs Bennet — e para os seguidores de Lizzie na internet. 
De repente, Lizzie — que sempre se considerou uma garota bastante normal — se torna uma figura pública. Mas nem tudo acontece diante das câmeras. E, felizmente para nós, ela escreve um diário secreto...
Com reviravoltas que vão deliciar os fãs de Jane Austen, assim como novos leitores, 'O diário secreto de Lizzie Bennet' expande o fenômeno da web série que encantou quase dois milhões de espectadores e faz uma releitura inédita de Orgulho e preconceito.
"

Comentando...
Como dei boas risadas e a todo momento recordei a leitura de "Orgulho e Preconceito".

Os autores foram geniais com as referências ao clássico de Jane Austen. A começar no primeiro capítulo que faz referência a primeira frase do original. E de que maneira eles colocam isso?

 Sabe aquelas camisas com frases? Então foi essa forma um tanto que inusitada que foi usada para citar:

"É uma verdade universalmente conhecida que um homem solteiro com uma grande fortuna deve estar à procura de uma esposa."

Tal frase está na camisa da personagem Lizzie e obviamente ela não gosta dessa camisa que foi um presente de sua mãe!

Quem assistiu a adaptação cinematográfica de 2005 certamente ao ler esse livro vai recordar de inúmeras falas dos personagens. Uma curiosidade é que na adaptação " O Diário Secreto de Lizzie Bennet", temos menos irmãs... Mary Bennet se transformou em uma prima e Kitty Bennet na gata de estimação de Lydia! Essa modificação  se adaptou bem, já que estas eram personagens  realmente sem destaque. Os demais personagens como Charlotte, Catherine de Bourgh ,o pai de Lizzie... são totalmente fieis as características já conhecidas do livro original.

Charles Bingley se transforma em  Bing Lee, quando li esse nome a primeira vez não consegui segurar o riso.

O famoso baile onde a protagonista ouve a declaração de Darcy sobre a beleza dela que é apenas tolerável... E inicia-se a "implicância" de Lizzie por Darcy acontece em um casamento. Afinal hoje em dia, não existem mais bailes, certo?

O capítulo em que Lydia fica entusiasmada para assistir ao desfile de soldados onde Lizzie conhece o famoso Wickham fora substituído por um evento de Natação, em que soldados são representados por belos nadadores!

Invés do pedido de casamento do chato do senhor Collins...E sim! Ele continua chato... Contudo a proposta que ele faz  à Lizzie é de emprego. Afinal em pleno  século XXI , casamento não é a grande preocupação.

Muitos diálogos foram praticamente mantidos, como por exemplo a conversa de Darcy sobre  as características desejáveis em uma mulher.

 Novamente o  leitor é presenteado com uma carta de Darcy e sinceramente a carta original escrita por Austen é algo que me marcou!

Lizzie Bennet nessa adaptação é caracterizada essencialmente por sua ironia. Segue a fotinho de uma página em que ela escreve o "Ode a um celular quebrado".

Esse livro é baseado na série "The Lizzie Bennet Diares" e concluída a leitura com certeza vou ver esse seriado.

"O Diário Secreto De Lizzie Bennet" foi minha primeira leitura de uma adaptação moderna  do clássico "Orgulho e Preconceito" e mais uma vez me apaixonei por Darcy. 

Recomendo antes de ler esse livro fazer uma leitura do clássico original, ou pelo menos, assistir ao filme.Desse modo, certamente entenderá melhor o livro e poderá apreciar o humor que apenas fãs de Austen entendem.

terça-feira, 2 de dezembro de 2014

Livro:Mentirosos

Sinopse:" Cadence vem de uma família rica, chefiada por um patriarca que possui uma ilha particular no Cabo Cod, onde a família toda passa o verão. Cadence, seus primos Johnny e Mirren e o amigo Gat (os quatro "Mentirosos") são inseparáveis desde os oito anos. Durante o verão de seus quinze anos, porém, Cadence sofre um misterioso acidente. Ela passa os próximos dois anos em um período conturbado, com amnésia, fortes dores de cabeça e muitos analgésicos, tentando juntar as lembranças sobre o que aconteceu."

Cadence Sinclair nasceu em uma família rica, mas que não está passando por bons momentos.

"Não importa se o dinheiro do fundo de investimento está acabando, se as faturas do cartão de crédito não são pagas e se acumulam sobre a bancada da cozinha. ...
Somos Sinclair. ...
Ninguém erra." Pág. 13

"Sou a neta mais velha dos Sinclair. Herdeira da ilha, da fortuna e das expectativas." Pág. 18

Todo ano durante o verão a família reúne-se em sua ilha particular. É durante esse tempo que 
Cadence encontra seus primos Johnny e Mirren, e seu amigo Gat.

"Eu, Johnny, Mirren e Gat. Gat, Mirren, Johnny e eu.
A família se refere a nós quatro como os Mentirosos, e é provável que mereçamos." Pág. 18

Com o decorrer do tempo vai surgindo um sentimento entre Cadence e Gat. Um sentimento que pode mudar muita coisa.

"Não estou falando de destino. Não acredito em destino, almas gêmeas ou sobrenatural. Só sei que entendíamos um ao outro. Completamente." Pág. 25

No verão dos quinze anos Cadence sofre um acidente. Ela não recorda do que aconteceu e isso vai mudar completamente a vida de Cadence.

"É verdade, eu não tenho lembranças do acidente. Não me lembro do que aconteceu antes e depois." Pág. 67

Depois de dois anos longe da ilha Cadence decide que está na hora de retornar e que tem que relembrar o que realmente aconteceu com ela,
"Quero saber tudo, entender tudo ..." Pág. 142

O livro Mentirosos me surpreendeu. Um livro cativante e intrigante. Você não consegue largar até chegar na última página. A autora apresenta a família Sinclair, uma família que faz de tudo para manter as aparências. Com o decorrer da narrativa percebemos que os representantes da família Sinclair possuem vários problemas, mas que eles vão tentar manter escondidos.

Os Mentirosos são quatro garotos que se juntam para passar as férias de verão na ilha da família Sinclair. Todos eles tem idades parecidas e acham que tem o poder de mudar o mundo.
O livro é narrado pelo perspectitiva da Cadence, nos dando uma visão de tudo pelo qual ela passa. Achei muito bom como a autora utilizou metáforas para ilustrar como Cadence se sentia, mostrando que ela está passando por momentos bem conturbados.

O acidente de Cadence está rodeado de mistérios. O que realmente aconteceu com ela? Cadence não lembra o que aconteceu no acidente, ela sofre com terríveis dores de cabeça e precisa sempre tomar medicamentos para conseguir enfrentar essas dores. Aos 17 anos, ela decide que tem que lembrar o que realmente aconteceu, mas ao mesmo tempo fica receosa de saber o que aconteceu. A família de Cadence não revela muitos detalhes sobre o acidente para ela e esse fato mostrar que tem algo escondido.

O final não era como eu imaginava. A autora não mostra em nenhum momento o que realmente aconteceu com a Cadence, só nos será revelado a verdade no final. O desfecho do livro é surpreendente e também perturbador. Um livro que vale muito a pena ser lido.

terça-feira, 25 de novembro de 2014

Editora Arqueiro:Lançamentos

SinopseLois Lowry possui uma capacidade magistral de construir mundos reais e imaginários. A civilização futurista de A escolhida é uma de suas mais poderosas criações.” – Booklist Órfã e portadora de uma deficiência, Kira precisa enfrentar um futuro assustadoramente incerto. Vivendo em uma civilização que descarta os mais fracos, ela sofre hostilidade dos vizinhos, que a acusam de ser inútil para a comunidade. Quando é chamada a julgamento pelo Conselho dos Guardiões, Kira se prepara para lutar pela vida. Mas, para sua surpresa, os autoritários chefes já têm outros planos e a encarregam de uma tarefa grandiosa: restaurar os bordados de uma túnica centenária que contam a história do mundo. Escolhida por seu talento quase mágico para bordar, a jovem fica radiante com a honraria. Quando dá início ao minucioso serviço de investigação do passado, ela depara com uma série de mistérios nas profundezas do universo que achava conhecer tão bem. Confrontada com uma verdade chocante, Kira precisará tomar decisões que mudarão sua vida e toda a comunidade. Em A escolhida, Lois Lowry traz ao leitor personagens e cenários distintos de O doador de memórias, mas que complementam a sensacional distopia e abrem um novo horizonte de reflexão para a tetralogia."


Sinopse: "Em Felizes para sempre, último livro da série Quarteto de Noivas, você vai descobrir que o amor não avisa que está a caminho e, quando chega, vira seu mundo de cabeça para baixo. Parker Brown sabe que subir ao altar é um dos momentos mais extraordinários na vida de um casal. Por isso ela administra a Votos – a bem-sucedida empresa de organização de casamentos que fundou com suas três melhores amigas – com pulso firme e muita dedicação. Seu dia de trabalho começa cedo – às vezes de madrugada, quando alguma noiva ansiosa lhe telefona aos prantos. Mas ela não se importa. Cada vez que ajuda uma mulher a escolher o vestido perfeito para o grande dia ou vê o sorriso nervoso e feliz de um noivo no altar, ela sente que está dando sua contribuição para uma história igual à de seus pais. Porém a rica, linda e inteligente Parker também quer ser feliz no amor. Só que, em vez do intelectual sensível que sempre esteve em seus planos, parece que o destino lhe reservou uma surpresa. Malcolm Kavanaugh é um mecânico de automóveis e ex-dublê de filmes de ação. Amigo do irmão de Parker, ele não tem vergonha de elogiar as belas pernas da moça e, com suas mãos ásperas, faz com que a empresária certinha e controladora simplesmente perca o chão. Agora eles vão descobrir que, mesmo com suas diferenças, podem completar um ao outro. E quem disse que o príncipe encantado não pode chegar numa Harley-Davidson?"

Sinopse:"Uma aventura arrebatadora, que deixará o leitor obcecado.” – Today
“História e romance em uma jornada inegavelmente prazerosa.” – Kirkus Reviews

"Desde pequeno, Mack McAsh foi obrigado a trabalhar nas minas de carvão da família Jamisson e sempre ansiou por escapar. Porém, o sistema de escravidão na Escócia não possui brechas e a mínima infração é punida severamente. Sem perspectivas, ele se vê sozinho em seus ousados ideais libertários.
Durante uma visita dos Jamissons à propriedade, Mack acaba encontrando uma aliada incomum: Lizzie Hallim, uma jovem bela e bem-nascida, mas presa em seu inferno pessoal, numa sociedade em que as mulheres devem ser submissas e não têm vontade própria.
Apesar de separados por questões políticas e sociais, os dois estão ligados por sua apaixonante busca pela liberdade e verão o destino entrelaçar suas vidas de forma inexorável.
Das fervilhantes ruas de Londres às vastas plantações de tabaco da Virgínia, passando pelos porões infernais dos navios de escravos, Mack e Lizzie protagonizam uma história de paixão e inconformismo em meio a lutas épicas que vão marcá-los para sempre.
Com 8 milhões de exemplares vendidos em todo o mundo, Um lugar chamado liberdade é mais uma prova de que Ken Follett é um mestre absoluto em criar tramas complexas e emocionantes."

sábado, 22 de novembro de 2014

Livro: O amor está no ar

Sinopse:"Aluna do ensino médio, Leah Jones ama voar. No ar, ela facilmente se esquece de sua vida com sua mãe, sempre ausente, no bairro humilde de uma cidade praiana de Carolina do Sul. Quando seu instrutor de voo, Sr. Hall, contrata a garota para pilotar aviões em sua empresa de propagandas em banner, Leah considera o emprego sua porta de entrada para a vida longe do estacionamento de trailers. Mas quando ele morre subitamente, ela teme que sua carreira como piloto de aviões tenha chegado ao fim.
Porém os jovens filhos do Sr. Halls, Alec, o garoto de ouro, e Grayson, o viciado em adrenalina, resolvem continuar o negócio do pai. Embora Leah tenha uma queda pro Grayson há anos, ela receia em se envolver em um negócio que agora parece que não vai muito longe. Até que Grayson descobre um dos piores segredos da menina. Com isso em mãos, ele a obriga a pilotar por uma razão que ele também não revela, uma razão relacionada a Alec. Agora Leah se encontra no meio de uma batalha entre irmãos, e a consequências podem ser desastrosas."

Comentando...
Livro Young Adult e para mim foi a primeira vez que entrei em contato com a escrita da autora Jennifer Echols. Na orelha de "O amor está no ar" o leitor encontra inúmeros depoimentos contendo elogios à autora. 
Estava muito curiosa pela sinopse que logo chamou minha atenção e a capa que particularmente achei muito fofa, até no verso tem um avião!
 Algo que achei bem diferente nessa leitura é que não se tem aquela mocinha doce e inocente que no geral encontramos nos romances, o que confesso foi meio decepcionante. Senti que a autora tenta utilizar as circunstancias em que Leah fora criada com uma mãe que não  lhe dá atenção, mudando sempre de namorado e não tem preocupação alguma com o bem estar da filha como as justificativas para o comportamento da protagonista. 
 Em certos aspectos para mim a autora poderia ter dado mais dinâmica e diminuído os detalhes na narração para o livro ficar com mais acontecimentos.
 "O amor está no ar" tem sim o elemento instigante que faz o leitor ficar curioso mas só realmente nas partes finais é que acontece a tal revelação...Mas fique tranquilo não é tudo nas últimas páginas! Acontecimentos estes, um tanto dignos de drama mexicano pois quando se descobre uma ação desencadeia outra até se chegar a um desfecho.
 Não vou revelar qual é a parte instigante do livro.... Isso deixo com o leitor para ler e  descobrir!

terça-feira, 18 de novembro de 2014

Livro: Proposta Incoveniente

Em geral coloco sinopse do livro, no entanto para essa autora, acho que qualquer livro despensa sinopse, pois é ler o nome mágico: Meg Cabot ou seja pelo pseudônimo Patrica Cabot logo me desperta o interesse para ler!

 E muitas vezes é melhor NÃO ler a sinopse, pois estas ao invés de instigar o leitor tira as possíveis surpresas da leitura! Definitivamente as editoras tem que dar uma atenção especial  nesse ponto.
Hoje a resenha, ficará bem curtinha para não revelar nada e sim despertar a curiosidade...

Bom ...Imagine piratas, um mocinho de tirar o fôlego, aventura,  romance com aquele toque "hot", contudo unido-se a tudo isso, acresceste humor. Pronto! Aí  chega-se um pouco  a fórmula mágica que Cabot  utiliza em sua narrativa e me faz a admirar tanto.

 Personagens bem estruturados, uma mocinha corajosa  e com aquele toque inconfundível de ingenuidade que arranca boas risadas.


 Leitura ALTAMENTE recomendada para quem adora um bom romance histórico.

sábado, 15 de novembro de 2014

Resultado:Promoção Ligeiramente Casados

Sorteio realizado por Lista (Ordem dos comentários da respectiva Promoção)  no site:http://sorteiospt.com/

Nome do Seguidor Vencedor: Estante Diagonal


Parabéns! Fique atento pois vou mandar  e-mail para  obtenção dos dados para a Editora Arqueiro entregar o livro.